Temos equipes em todas as cidades
do estado de São Paulo.

Menu Fechar

Lançamento irregular de gordura contribui para 51% dos entupimentos na rede de esgoto de Curitiba

entupimentos na rede de esgoto de Curitiba

Uma recente investigação revelou que o lançamento irregular de gordura está contribuindo significativamente para entupimentos na rede de esgoto de Curitiba. De acordo com dados divulgados pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), 51% dos entupimentos registrados na cidade estão relacionados ao descarte inadequado de gordura em pias e ralos.

Essa descoberta ressalta a importância dos cuidados com os sistemas de esgoto e a conscientização sobre práticas adequadas de descarte de resíduos. O lançamento de gordura, óleos e outros materiais impróprios pode não apenas obstruir a rede de esgoto, mas também causar danos ambientais significativos.

importância dos cuidados com os sistemas de esgoto e a conscientização sobre práticas adequadas de descarte de resíduos

Diante dessa problemática, procuramos o porta-voz da Sanepar para comentar sobre a questão e destacar a importância dos cuidados com ralos, pias e esgotos. Segundo o porta-voz, é fundamental que os moradores estejam cientes dos impactos negativos do descarte inadequado de gordura e óleos. Ele enfatiza que medidas simples, como o uso de coletores de gordura em pias e a correta disposição de resíduos em recipientes apropriados, podem ajudar a prevenir entupimentos e preservar a infraestrutura de saneamento da cidade.

A Sanepar também está intensificando campanhas educativas para sensibilizar a população sobre a importância de práticas sustentáveis de descarte de resíduos. Além disso, a empresa está investindo em tecnologias e estratégias de manutenção da rede de esgoto para minimizar os impactos dos entupimentos e garantir um sistema de saneamento eficiente e sustentável para a cidade de Curitiba.

Quais os motivos do entupimento de esgoto?

Os entupimentos na rede de esgoto podem ocorrer por uma variedade de motivos, incluindo:

Acúmulo de resíduos sólidos: O descarte inadequado de materiais sólidos, como papel higiênico, fraldas descartáveis, preservativos, plásticos e outros detritos, pode obstruir os canos e impedir o fluxo adequado de água.

Acúmulo de gordura e óleos: O despejo de gordura de cozinha e óleos usados em pias pode causar a formação de bloqueios gordurosos nos canos, dificultando a passagem da água e contribuindo para entupimentos.

Depósitos de calcário e sedimentos: Ao longo do tempo, depósitos de calcário, areia, terra e outros sedimentos podem se acumular nas paredes dos canos, estreitando o diâmetro interno e reduzindo o fluxo de água.

Obstruções por raízes de árvores: As raízes das árvores podem penetrar nas juntas e fissuras dos canos em busca de água, criando bloqueios e danificando a estrutura da tubulação.

Entupimentos causados por objetos estranhos: Objetos estranhos, como brinquedos, escovas de cabelo, pequenos utensílios domésticos e outros itens descartados incorretamente, podem ficar presos nos canos e causar obstruções.

Problemas estruturais: Danos na estrutura dos canos, como rachaduras, quebras ou colapsos, podem causar entupimentos, impedindo o fluxo normal da água.

Mistura inadequada de materiais: Misturar substâncias químicas incompatíveis ou produtos de limpeza inadequados pode resultar em reações químicas que causam a formação de resíduos sólidos ou bloqueios nos canos.

Inadequação do sistema de drenagem: Sistemas de drenagem mal projetados ou subdimensionados podem não ser capazes de lidar adequadamente com o volume de água ou resíduos gerados, levando a entupimentos frequentes.

A importância de se realizar manutenção e Desentupimentos na rede de esgoto


É necessário realizar com constância o desentupimento na rede de esgoto por diversos motivos essenciais para a saúde pública, preservação do meio ambiente e manutenção da infraestrutura urbana. Alguns desses motivos incluem:

  1. Prevenção de doenças: O acúmulo de resíduos orgânicos nos esgotos pode se tornar um ambiente propício para a proliferação de bactérias, vírus e parasitas causadores de doenças como cólera, hepatite, febres e infecções gastrointestinais.
  2. Manutenção da qualidade da água: Esgotos entupidos podem transbordar e contaminar fontes de água potável, como rios e lagos, comprometendo a qualidade da água e colocando em risco a saúde das comunidades que dependem desses recursos hídricos.
  3. Preservação do meio ambiente: O despejo irregular de resíduos nos esgotos pode resultar em danos ambientais significativos, afetando a vida aquática, a vegetação e os ecossistemas naturais. Além disso, o acúmulo de gordura e outros materiais pode obstruir o fluxo de água nos corpos d’água, causando enchentes e erosão do solo.
  4. Garantia do funcionamento adequado da rede de esgoto: Entupimentos frequentes podem comprometer o funcionamento eficiente da rede de esgoto, levando a problemas de fluxo, vazamentos e danos à infraestrutura subterrânea. A manutenção regular ajuda a prevenir esses problemas e a prolongar a vida útil dos sistemas de esgoto.
  5. Redução de custos: Investir na manutenção preventiva e no desentupimento regular da rede de esgoto pode evitar gastos excessivos com reparos emergenciais, tratamento de doenças relacionadas à contaminação da água e danos à infraestrutura urbana.

Em resumo, realizar com constância o desentupimento na rede de esgoto é fundamental para proteger a saúde pública, preservar o meio ambiente e garantir o bom funcionamento dos sistemas de saneamento básico nas cidades

compartilhe

WhatsApp
Pinterest
Facebook
Twitter

Precisa de mais de um serviço?

Quer economizar na contratação? Entre em contato conosco e conheça nossos Combos!

Valores com desconto, pagamentos facilitados e a qualidade excepcional de sempre!

Siga nossas Redes Sociais

Últimos Artigos

Contato no Whatsapp:

Antes de iniciarmos a conversa, por favor, informe alguns dados:

NÓS TE LIGAMOS!

NÃO PRECISA GASTAR CRÉDITOS!

Informe seu telefone que entraremos em contato com você em até 5 minutos.

Você já é a 13ª pessoa a solicitar uma ligação hoje.

Vamos Conversar pelo Whatsapp?